Saindo do Armário | O armário ficou pequeno demais

Ilustração por @ninazambiassi

Nossa série continua e a história de hoje tem direito a casamento, novas descobertas e questionamentos. Mas por mais que a gente fique em dúvida, não saiba muito bem o que está acontecendo, chega uma hora que não dá mais para segurar essa barra que é gostar de mulher. E quando esse momento chega é hora de gritar pro mundo todo o amor que tem dentro!

O ARMÁRIO FICOU PEQUENO DEMAIS

Eu venho de uma família católica, batismo, primeira comunhão, crisma, colégio de freiras. Eu sempre tive um “incômodo interno” mas nunca soube o que era. Aos 29 anos, me casei na igreja, com tudo o que tinha direito. Três anos depois, já decepcionada com o casamento e recém divorciada, conheci uma mulher. Foram muitas dúvidas, choros, aflições, mas me lembro sempre que, após o primeiro beijo sapatão, entrei no chuveiro e pensei: eu sou lésbica e era isso que me faltava. Foi um primeiro relacionamento complicado, ela nunca quis se assumir (se dizia hétero) e de certa forma era confortável não precisar contar pra ninguém.  O namoro acabou, vieram outras mulheres e, aos poucos, fui lendo, seguindo páginas sapas e percebendo que o armário não era mim. Quando conheci minha esposa, super assumida desde adolescente, não tive dúvidas, era a hora. Com duas semanas de namoro, avisei meus pais. O susto inicial foi grande mas em pouco tempo, as coisas se normalizaram, minha mãe diz hoje que me vê como uma pessoa muito mais feliz. Minha esposa foi bem acolhida, casamos, estamos adotando e nossa família segue junto com a gente. Acredito que onde tem amor, sempre seremos acolhidos, mesmo que demore um pouco. Hoje faço questão de dizer que amo uma mulher e de tentar mostrar às pessoas como a vida é boa quando nos permitimos ser quem somos.


* Compartilha sua história com a gente também!
É só enviar por e-mail para coletivocassia@gmail.com.br com o título ‘Saindo do Armário’

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *